quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Samurai Shodown

Titulo Original: Samurai Shodown:The Motion Picture
Ano de produção: 1994
Gênero: Animação


Baseado numa franquia de games da Neo Geo, Samurai Shodown conta a saga de um grupo de lutadores sagrados que tem por várias gerações lutado contra o demônio Ambrogia.
Na era feudal, novos guerreiros lutam novamente contra a entidade que tomou conta do Japão através da traição de Amakusa Shirou Tokisada, um dos guerreiros dessa era, cobiçado pelo poder.
Haohmaru, líder da atual equipe de guerreiros sagrados sabendo do ocorrido parte em busca de vingança e junto de seus amigos acabam sendo mortos, porém suas almas partem para um descanso de cem anos.
Logo depois desse tempo, Amakusa ressurge para uma nova batalha em nome de Ambrogia e tanto Haohmaru quanto seus amigos ressuscitam, porém ele é o único que ainda não se lembra de seu passado, tornando-se um rapaz mesquinho que só quer desbancar os principais Dojos do pais desafiando seus líderes.
Quando Charlote, Nakoruru, Galford, Wan-Fu e Tam-Tam, os cinco guerreiros sagrados reaparecem, seguem Haohmaru para todo o canto tentando convence-lo de quem ele é, porém ele não dá a mínima.
Sem tempo para mais conversa, os cinco partem sem seu líder para deter Amakusa que andou fazendo lavagem cerebral nos jovens das aldeias próximas, incluindo a de Haohmaru, para formar seu novo exército, comandado por Earthquake e Gen'An.
Com o passar das batalhas contra as forças de Amakusa, Haohmaru começa a recuperar sua memória, se juntando definitivamente aos guerreiros.

Analisando: Uma boa adaptação de game da época, muito bem desenhado com cenas de ação que fizeram a cabeça da criançada da época. Por aqui foi exibido apenas uma vez na extinta Rede Manchete se tornando uma exclusividade e raridade das locadoras de VHS na época. Hoje é facilmente encontrado na rede para assistir ou mesmo baixar. É a pedida perfeita para quem quer matar a saudade da infância ou para conseguir novos fãs que nunca jogaram se quer um do games.

Trailer:
video

Nenhum comentário:

Postar um comentário