quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Power Rangers - O Filme

Titulo Original: Mighty Morphin Power Rangers - The Movie
Ano de produção: 1995
Gênero: Aventura


Power Rangers - O filme foi produzido em 1995 aproveitando do mega sucesso das primeiras temporadas da série adaptada da franquia Sentai.
A série parte a partir do final da segunda temporada da série. Um tempo depois de Lord Zed e Rita Repulsa darem um tempo nas maldades, desperta Ivan Ozze, outro feiticeiro poderoso que assim como Rita foi lacrado nos confins dos judas.
Antigo inimigo de Zordon, Ivan planeja vingança contra aquele que o aprisionou e aproveita o vacilo dos Rangers ao cair numa armadilha para invadir o centro de comando e destruir o painel de energia e a cúpula onde repousa Zordon que fica a beira da morte.
Os Rangers perdem seus poderes e como último recurso, Zordon os envia a outra dimensão para que despertem os poderes antigos das feras Ninjetti e assim restaure seus poderes e sua morfagem.
Enquanto isso, Ivan se transforma num humano e começa a comercializar uma espécie de geleia roxa que controla a mente de todos os adultos de Alameda dos anjos e faz com que estes trabalhem arduamente na construção de seus próprios zords cromados no formato de insetos.

Analisando: O filme chegou numa boa época, no auge da primeira era de Power Rangers que marcou época no início dos anos 90. O roteiro não se encaixa totalmente na cronologia da série por dois fatos: primeiro pela aparição de um vilão inédito no núcleo cômico e segundo por que a origem do poder Ninjetti foi toda recontada no início da terceira temporada, então consta-se que este filme é filler, ou seja, alternativo. Fora isso, os novos zords totalmente em computação gráfica que divide opiniões: eu por exemplo não gostei, muito menos da versão em CG de Ivan Ozze fundida ao seu zord remanescente; mas enfim, nada que tire a diversão deste; muito pelo contrário, é uma diversão mega recomendada, pelo menos para quem é fã das antigas, porque os novos vão estranhar e achar tudo muito simples e ao mesmo tempo exagerado no quesito efeitos especiais.

Trailer:
video

Nenhum comentário:

Postar um comentário